Auschwitz | O lager 

A melhor forma de o conhecer é através de quem o viveu.

As fotos ilustram passagens do livro Se isto é um Homem, de Primo Levi que esteve no campo de concentração Monowitz - Auschwitz 3 de Dezembro de 1943 até à libertação em Janeiro de 1945.


[A viagem não durou mais de vinte minutos. Depois, o camião parou, viu-se uma grande porta, encimada por umas palavras fortemente iluminadas (a lembrança destas palavras ainda me assalta nos sonhos): ARBEIT MACHT FREI, o trabalho liberta.]


Se isto é um Homem, Primo Levi


[201309.03]_50-X3.jpg
[201309.03]_81-X3.jpg
[201309.03]_58-X3.jpg

[Já nada nos pertence: tiraram-nos a roupa, os sapatos, até os cabelos; se falarmos, não nos escutarão e, se nos escutassem, não nos perceberiam.]

Se isto é um Homem, Primo Levi


[Perguntei-lhe (com uma ingenuidade que poucos dias depois já devia parecer-me fabulosa) se nos iam devolver pelo menos as escovas de dentes; ele não riu, mas, com uma expressão de extremo desprezo no rosto, disse-me: — Vous n'étes pas à la maison.]

Se isto é um Homem, Primo Levi


[Tirar-nos-ão também o nome: se quisermos conservá-lo, teremos de encontrar dentro de nós a força para o fazer, fazer com que, por trás do nome, algo de nós, de nós tal como éramos, ainda sobreviva. (...)Häftling: aprendi que sou um Häftling. O meu nome é 174 517; fomos batizados, guardaremos até à morte a marca tatuada no braço esquerdo.]

Se isto é um Homem, Primo Levi


[— Vous n'étes pas à la maison. — E é este o refrão que ouvimos repetir por toda a gente: já não estão nas vossas casas, isto não é um sanatório, daqui não se sai a não ser pela Chaminé (que é que isto significa? Iremos aprendê-lo bem mais tarde.)]

Se isto é um Homem, Primo Levi


[Os alemães tinham desaparecido. As torres de vigia estavam vazias.]

Se isto é um Homem, Primo Levi


[201309.03]_275-X3.jpg

[Janeiro. Liberdade. A brecha no arame farpado dava-nos a sua imagem concreta. Pensando com atenção, significava não mais alemães, não mais selecções, não trabalho, não pancadas, não chamadas, e talvez, mais tarde, o regresso.]

Se isto é um Homem, Primo Levi


Birkenau - Auschwitz II | Para que não se esqueça, é importante (re)lembrar.

todas as fotos e textos podem ser vistos no álbum completo em PDF aqui.